Proposta Pedagógica

Com ética, compromisso, profissionalismo e muito amor a nossa proposta está presente na formação de seres cada vez mais humanos, capazes de conviver com o outro de forma empática na busca por enfrentar, individualmente ou no coletivo, os desafios e conflitos do mundo, respeitando a si mesmo, bem como ao outro.

Inteligências Múltiplas

A teoria das inteligências múltiplas defende que todo ser humano possui diversos tipos de inteligência, em níveis diferentes, e que cada um deles pode ser desenvolvido. O que nos proporciona um olhar voltado para potencialização das múltiplas inteligências no processo de aprendizagem de cada aluno. Em 1983, Howard Gardner definiu os primeiros 7 tipos de inteligências múltiplas e posteriormente complementou com mais dois.

1. Inteligência verbal ou linguística

Habilidade verbal bem desenvolvida, sensibilidade aos sons, significados e ritmos das palavras;

2. Inteligência lógico-matemática

Habilidade de pensar de forma conceitual e abstrata, além da capacidade de discernir padrões lógicos ou numéricos;

3. Inteligência musical

Habilidade de produzir e apreciar ritmos, tons e timbres;

4. Inteligência visual ou espacial

Capacidade de pensar em forma de imagens, “visualizar” conceitos abstratos;

5. Inteligência corporal ou cinestésica

Capacidade de controlar o próprio corpo e lidar fisicamente com objetos variados;

6. Inteligência interpessoal

Capacidade de detectar e responder adequadamente aos humores, motivações e desejos dos outros;

7. Inteligência intrapessoal

Capacidade de ser auto-consciente e em sintonia com seus sentimentos interiores, valores, crenças e processos de pensamento;

8. Inteligência naturalista

Habilidade para reconhecer e categorizar plantas, animais e outros elementos da natureza;

9. Inteligência existencialista

Sensibilidade e capacidade para lidar com questões profundas em torno da existência humana, como o significado da vida, por que morremos, ou como chegamos até aqui.

Sócio-Construtivismo

O Sócio-Construtivismo compreende que o pensamento infantil passa por quatro estágios, desde o nascimento até o início da adolescência, no qual a criança constrói o conhecimento a partir de suas descobertas, quando em contato com o mundo. Sendo assim, o trabalho de educar não se limita a transmitir conteúdos, mas a favorecer a atividade mental do aluno através de vivências e experimentações.

O papel do professor

Os professores possuem um papel de extrema importância no fazer pedagógico, sendo responsáveis por oferecer os instrumentos que irão colaborar no processo de aquisição do conhecimento, propondo e mediando atividades, respeitando o desenvolvimento de cada criança.

Avaliação

Avaliar é acompanhar e valorizar todo o processo de construção do conhecimento do aluno. A criança deve ser avaliada de forma contínua e qualitativa, sempre levando em consideração cada passo de seu desenvolvimento.